Conheça os depósitos que pagam mais

As aplicações através da internet oferecem uma TANB de 3,25%, acima dos 1,9% da banca tradicional.

A utilização das plataformas online dos bancos para realizar operações do dia-a-dia oferece grandes vantagens aos clientes devido à sua comodidade. Contudo, também pode resultar em retornos financeiros positivos. Isto acontece porque, as taxas de juro oferecidas nos depósitos a prazo tendem a ser mais vantajosas quando a sua subscrição é feita através da "rede" do que o que acontece na banca tradicional. Segundo as nossas contas, com base em dados do site da Deco, os depósitos online por um prazo de um ano, em média, remuneram quase o dobro face ao que acontece com as aplicações efectuadas aos balcões das agências bancárias.

Ou seja, se dirigir-se ao balcão de um banco conseguirá, em média, uma taxa de juro anual bruta (TANB) de 1,9% na constituição de um depósito por um prazo de 12 meses. Já se optar por constituir uma aplicação com as mesmas características mas através de uma plataforma online, a remuneração bruta sobe, em termos médios, para 3,25%. Para esta análise foi considerada a informação disponibilizada pela Proteste Investe no site da Deco sobre as remunerações bruta de 71 depósitos para um prazo de 12 meses de 22 instituições financeiras. Desse total, 30 são produtos acessíveis através das plataformas online dos bancos, enquanto os restantes 41 estão disponíveis ao balcão das agências. No conjunto dos 24 depósitos que remuneram com TANB a partir de 3%, 19 são produtos disponíveis através da "rede", enquanto os restantes 12 podem ser subscritos aos balcões dos bancos.

Entre as aplicações mais rentáveis disponíveis para um prazo de 12 meses através da internet estão dois depósitos do PrivateBank. Tratam-se do E- "Pé de Meia" e do E-Depósito a Prazo, que remuneram a uma taxa de juro anual nominal bruta (TANB) de 5,45%. Em termos líquidos, isto equivale a uma taxa de juro de 4,09%. Isto significa que, para um depósito de 5.000 euros, qualquer destes produtos oferece um retorno líquido de 204,5 euros ao fim de um ano. Segue-se o Depósito Net 5%, do Barclays, que oferece uma taxa de juro bruta de 5%, enquanto que o E- Depósito Plus, também do PrivateBank, e o Depósito Renda Mensal, do Banco BiG, remuneram a taxas brutas de 4,95% e 4,7%, respectivamente.

O resultado desta análise não surpreende, já que reflecte uma tendência que se verifica desde que surgiram os bancos online. Como essas plataformas têm menos custos é natural que as taxas de juro sejam superiores para conseguir cativar mais clientes.

fonte:http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 08:23 | comentar | favorito