Depósitos: bancos pagam juros mais altos do que devem

A maioria dos bancos ainda não está a respeitar, por completo, as novas regras impostas pelo Banco de Portugal quanto às taxas de juro nos depósitos. O prémio máximo que estas entidades estão autorizadas a praticar foi reduzido, mas a verdade é que muitas continuam a pagar juros altos e até têm à diposição novos depósitos ainda mais atrativos.

Há cinco bancos que estão a furar os novos limites, segundo o «Jornal de Negócios».

No Popular, por exemplo, o depósito Netprazo a 6 meses paga um juro bruto anual de 3,8%, quando as novas regras dizem que não pode ultrapassar os 3,56%. 

Também o BIG paga mais do que deve (4,5%), bem como o BPN (4,25%), o Invest (4%) e Nova Galícia (3,75%).

Nos depósitos a três meses, as taxas pagas no BIG são ainda de 5,5%. No Best baixaram de 5,5% para 5,25%. Ambas estão, no entanto, acima do teto previsto de 3,01%. 

É também o caso, para os depósitos desta maturidade, do Crédito Agrícola (3,8%), Banif (3,75%) e do Invest (3,25%).

O BBVA retirou já uma aplicação da lista, que pagava juros de 4%.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/e

publicado por adm às 23:12 | comentar | favorito