Depósitos a prazo perdem benefícios fiscais

Taxas especiais para depósitos acima de cinco anos acabam.

Os benefícios fiscais de que actualmente gozam os depósitos e os certificados de depósito de prazo superior a cinco anos vão acabar. Em consequência, as taxas de juro oferecidas pelos bancos deverão baixar. 

A
ctualmente, quem fizer depósitos a prazoa cinco anos tem direito a um desconto de 20% na taxa de IRS que recai sobre o juro pago pelo banco. Este desconto sobe aos 60% caso o depósito só seja resgatado oito anos após a sua constituição. 

C
omo o imposto é cobrado a taxas liberatórias (actualmente de 21,5%), este incentivo fiscal acaba por ser dado pelos bancos através da taxa de juro, oferecendo uma remuneração líquida maior aos clientes. 

Com o fim do incentivo dado pelo Estado, deverá esperar-se que os bancos passem a oferecer taxas de juro menos generosas aos seus clientes.

A proposta de Orçamento do Estado para 2012 salvaguarda os contratos já assinados, pelo que quem está a beneficiar de um depósito com condições mais favoráveis mantê-las-á até ao fim. Os prazos não poderão, contudo, ser prorrogados. 
fonte:http://www.jornaldenegocios.pt/
publicado por adm às 22:36 | comentar | favorito