876 milhões saem dos PPR para depósitos

Na hora de pôr poupanças a render, fim dos benefícios fiscais e remuneração mais atractiva na banca pesam na decisão dos portugueses

 

O desvio tem uma explicação. Em apenas um ano, 876 milhões de euros «voaram» dos Planos Poupança Reforma (PPR). Com o fim dos benefícios fiscais normalmente associados a estes instrumentos financeiros, os portugueses passaram a estar de olho nas remunerações mais chorudas pagas pela banca nos depósitos. 

As famílias estão assim a redireccionar as suas poupanças. O relatório da actividade seguradora sobre os primeiros seis meses deste ano, divulgado pelo Intituto de Seguros de Portugal ¿ e que vem citado na edição do «Correio da Manhã» desta segunda-feira - revela que, em Junho do ano passado, o montante aplicado em PPR chegava aos 14.887 mil milhões de euros.

No espaço de um ano, esse valor caiu para 14.011 mil milhões. 

Na prática, os aforradores retiraram dos PPR 73 milhões de euros por mês, em média. 

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt

publicado por adm às 23:43 | comentar | favorito