Depósitos das famílias disparam em Maio

A estratégia agressiva de captação de depósitos pela banca, está a dar frutos.

Segundo os dados do boletim estatístico do Banco de Portugal, em Maio o total de depósitos aplicados por particulares atingiu os 122.249 milhões de euros. Um valor que representa uma subida de 1.386 milhões de euros face aos valores de Abril. É preciso recuar até Outubro do ano passado, para verificarmos uma subida mensal de aplicações em depósitos tão elevada como esta.

O facto dos bancos portugueses estarem a praticar remunerações atractivas nestas aplicações ajuda a explicar a subida destes montantes. Recorde-se que a crise de liquidez que a banca enfrenta está a levar as instituições a concentrarem os seus esforços nas duas fontes de financiamento que estão disponíveis: os empréstimos concedidos pelo BCE e os recursos captados junto dos clientes dos bancos.

A comprovar esta realidade, as taxas de juros aplicadas aos novos depósitos voltaram também a subir no mês de Maio para os 3,54%. Trata-se do valor mais elevado desde Dezembro de 2008.

fonte:http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 22:55 | comentar | favorito