Banca mais que duplica juros dos depósitos em apenas um ano

Dados do Banco de Portugal hoje divulgados mostram que a estratégia da banca para captar de recursos dos clientes está ao rubro.

No mês de Maio, os bancos portugueses voltaram a subir a remuneração dos depósitos a prazo, sendo que a taxa de juro média para estas aplicações se situava nos 3,54%. Trata-se de um valor superior aos 3,33% oferecidos no mês anterior e representa mais do dobro da remuneração oferecida há um ano atrás. Recorde-se que em Maio de 2010, os juros médios praticados nos novos depósitos se situavam nos 1,26%.

A estratégia da banca parece estar a dar frutos porque no mês de Maio a subscrição de depósitos por parte das famílias disparou para o nível mensal mais alto desde Abril de 2009. Em Maio, os portugueses aplicaram 10.139 milhões de euros nestas tradicionais aplicações financeiras. Um valor que representa uma subida mensal de 11% face aos depósitos captados em Abril. É preciso recuar até Abril de 2009, para encontrar um volume mensal de investimento em depósitos tão elevado.

fonte:http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 00:04 | comentar | favorito