Juros dos depósitos a prazo estão a disparar

Os bancos estão a pagar taxas de juro mais atractivas nos depósitos a prazo e a remuneração média já ultrapassa os 3%.
É o resultado de uma maior concorrência entre os bancos, que tentam assim captar o dinheiro dos clientes. Os portugueses é que saem a ganhar e estão a aderir a este modo de poupança.

Feita uma média, os depósitos estão a render juros de 3,24%. A banca oferece várias alternativas: nos depósitos a um ano a taxa de juro pode chegar a 3,75%, mas a 2 anos já rende mais.

Ou seja, se o prazo aumenta, os juros acompanham. E desde Março, os portugueses estão a dar preferência aos depósitos a mais de dois anos. Se entregar o dinheiro ao banco por 5 anos, há produtos de poupança em que a taxa de juro se aproxima dos 5%.

Em contrapartida, os portugueses fogem dos Certificados de Aforro. Em Junho a taxa de juro neste tipo de poupança foi fixada nos 1,467%.

Há mais de um ano que os bancos portugueses deixaram de ter acesso aos mercados internacionais e, desde então, têm-se financiado junto do Banco Central Europeu e apostam forte na tentativa de captar mais depósitos junto dos clientes. Em Março os depósitos ascendiam a mais de 120 mil milhões de euros, mais 3,3% do que um ano antes.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt

publicado por adm às 23:34 | comentar | favorito