Depósitos crescem e juros avançam para máximos de 20 meses

Depósitos dos particulares nos bancos portugueses tiveram a maior subida durante o ano passado entre os meses de Outubro e Novembro, ao crescerem 1.710 milhões de euros

 

Os depósitos dos particulares nos bancos portugueses tiveram a maior subida durante o ano passado entre os meses de Outubro e Novembro, ao crescerem 1.710 milhões de euros, revela o Banco de Portugal (BdP) no seu Boletim Mensal, divulgado esta quinta-feira.

De acordo com o documento, o supervisor indica que o valor dos depósitos dos particulares aumentou de 116.902 milhões de euros em Outubro para 118.612 milhões de euros em Novembro, a maior subida do ano até esse mês.

Em relação ao mês homólogo, os depósitos aumentaram 2980 milhões de euros, já que em Novembro de 2010 estes foram de 115.632 milhões de euros.

Os depósitos de particulares estão a aproximar-se do máximo histórico atingido em Julho de 2010, quando se fixaram nos 119.232 milhões de euros.

Segundo o documento, há boas notícias para as famílias, uma vez que os bancos voltaram a subir a remuneração dos depósitos. 

No mês de Novembro, as instituições financeiras estavam a oferecer uma taxa de juro para os novos depósitos de 2,56%, o que representa o valor mais elevado desde Fevereiro de 2009.

fonte:agenciafinanceira

publicado por adm às 23:23 | comentar | favorito