02
Fev 13

OS MELHORES DEPOSITOS A PRAZO DE FEVEREIRO DE 2013

Como referimos na última newsletter era natural que em 2013 os bancos reduzissem ligeiramente as taxas oferecidas. É isso que tem acontecido e é natural que, até ao fim deste ano, as taxas dos depósitos a prazo se vão reduzindo progressivamente.

AGARRE OS MELHORES DEPÓSITOS A PRAZO!

 

À medida que os bancos vão ajustando o seu nível de depósitos ao crédito concedido, aproximando-se do objectivo de 120% para o rácio de transformação,  exigido pelo Banco de Portugal até ao final de 2014, é natural que as taxas se vão reduzindo progressivamente.

Também à medida que os bancos consigam fazer emissões de obrigações, como já sucedeu com o BES no início deste ano, é natural que a existência de outras fontes de liquidez deixem os bancos com menos agressividade para captar depósitos.

Esta menor agressividade da parte de alguns bancos nas taxas oferecidas fará com que a identificação dos melhores depósitos a prazo se torne ainda mais importante, sob pena de não rentabilizar devidamente o seu dinheiro.

 

QUAL O PRAZO IDEAL?
  
Neste momento o prazo ideal será de 9 meses, pois isto permitirá ter um prazo suficientemente longo e que protege das descidas que são esperadas nos próximos meses, e permite depois renová-lo no período do final do ano que é normalmente caracterizado por um acréscimo na agressividade na captação de depósitos a prazo. Outra alternativa é optar por fazer depósitos por vários anos, mas com pagamento períodico de juros e a possibilidade de mobilização antecipada do depósito sem penalização nas datas de pagamento dos juros. São exemplos destes depósitos a prazo: O depósito a 2 anos do Banco Invest (3,50% TANB), o DP CR a 18 meses do BES (3,47% TANB) e o DP Crescente a 2 anos do Banif (3,438%) .


OS MELHORES DEPÓSITOS A PRAZO DE NOVEMBRO DE 2012

TANB - Taxa anual nominal Bruta

Montante:

Até 10.000 €:

3 Meses:
BEST DP já14 (4,50%)
BIG Online1 (4,00%)
Banif DP Crescente 2 anos3 (3,00%)

6 Meses:
Banco Nova Galicia DP ON2 (3,25%)
BIC DP Mais (3,15%)
BIG Super DP1 (3,10%)

12 Meses:
Banco Invest Novos DP2 (4,00%)
Activo DP Poupança Start1(3,50%)
Banco Popular DP Ouro (3,50%)

Até 50.000 €:

3 Meses:
BEST DP já14 (4,50%)
BIG Online1 (4,00%)
Banif DP Crescente 2 anos3 (3,00%)

6 Meses:
Banco Nova Galicia DP ON2 (3,25%)
BIC DP Mais (3,15%)
BIG Super DP1 (3,10%)


12 Meses:
Banco Invest Novos DP2 (4,00%)
Banco Popular DP Ouro (3,50%)
BBVA DP Super 3,5 (3,50%)

Até 100.000 €_:

3 Meses:
Banco Finantia DP 3 Meses2(3,00%)
Banif DP Crescente 2 anos3 (3,00%)
Banco Invest DP (2,50%)


6 Meses:
Banco Finantia DP 6 Meses2(3,50%)
Banco Nova Galicia DP ON2 (3,25%)
BIC DP Mais (3,15%)

12 Meses:
Banco Finantia DP 12 Meses2(4,00%)
Banco Invest Novos DP2 (4,00%)
Banco Popular DP Ouro (3,50%)

Mais de 100.000€:

3 Meses:
Banco Finantia DP 3 Meses2(3,00%)
Banif DP Crescente 2 anos3 (3,00%)
Banco Invest DP (2,60%)

6 Meses:
Banco Finantia DP 6 Meses2(3,50%)
Banco Invest DP (3,10%)
Banif DP Crescente 2 anos3 (3,00%)


12 Meses:
Banco Finantia DP 12 Meses2(4,00%)
Banif DP Rendimento Maxi4(3,55%)       
Banco Invest DP (3,50%)
Fonte: Sites dos bancos em 25/01/2013
1Exclusivo para novos clientes.
2Exclusivo para novos recursos.
3O prazo mínimo destes depósitos é superior ao prazo desejado, mas de acordo com as condições dos produtos é possível desmobilizá-os antes do prazo com penalização de 100% sobre os juros não pagos. Assim, poderá desmobilizar-se o capital após o pagamento de juros do período desejado.
4Não é permitida a mobilização antecipada.


Fonte:http://www.moneygps.pt/
publicado por adm às 21:29 | comentar | favorito
20
Jan 13

Os 10 melhores depósitos a prazo

Os depósitos a prazo a 12 meses estão a pagar menos do que ofereciam há um ano. Mesmo assim saiba quanto pagam, em termos de taxa líquida (já contabilizando a taxa de renteção na fonte de 28%, que entrou em vigor em janeiro deste ano). Segundo os dados da Proteste Investe, da Deco, o depósito mais rentável oferece um juro líquido abaixo de 4%.

1) Privatbank 

O depósito "E-Pé de Meia" do Privatbank, a sucursal em Portugal de um banco da Letónia, apresenta o depósito mais rentável, com uma taxa anual nominal líquida (TANL) de 3,9%, considerando a taxa de imposto de 28%, em vigor a partir de 2013, segundo os dados do site da Deco, Proteste Investe.

2) Finantia

O depósito a 12 meses do Banco Finantia é exclusivo para os novos clientes ou os novos capitais e oferece uma taxa líquida de 3,2%. O montante mínimo #de investimento é de 50 mil euros.

3) Banco Invest

› O "Invest Novo Depósito" oferece #3,2% para novos clientes ou capitais #que invistam um mínimo de de 2000 euros.

4) Activobank

O depósito "Poupança Start" desta instituição do grupo BCP paga 2,7% para novos clientes ou capitais para investimentos a partir de 3000 euros.

5) Banco Big

O "Depósito Renda Mensal" do Banco Big tem uma taxa líquida de 2,5% para montantes a partir de 10 mil euros.

6) BBVA

A partir de 1000 euros, o BBVA oferece uma taxa líquida de 2,5% a novos clientes e capitais que invistam no "Depósito Super 3,5"

7) Banif

O depósito "Rendimento Maxi" paga 2,5% líquidos a quem invista pelo menos 5000 euros neste depósito a prazo a um ano da instituição madeirense.

8) Banco Popular

O "Net Prazo" do Banco Popular oferece 2,5% de juro líquido para investimentos que comecem nos 500 euros.

9) Nova Galícia

O "DP Alta Remuneração" do banco espanhol paga 2,5% líquidos a novos clientes e/ ou novos capitais que invistam pelo menos um mínimo de 3000 euros neste depósito.

10) Montepio

O "Depósito Aniversário" oferece uma taxa de juro líquida de 2,5% para clientes da instituição financeira que invistam, no mínimo, 500 euros neste depósito a prazo.

fonte:http://www.dinheirovivo.pt/Me

publicado por adm às 13:36 | comentar | favorito
03
Nov 12

Especial poupança: 10 melhores depósitos

Os dados do Banco de Portugal (BdP) concluiu que o número total de depósitos aplicados pelas famílias portuguesas ascendeu 103,3 mil milhões de euros em agosto, ou seja, mais 6,3 mil milhões de euros face a igual período do ano passado. Assim, o Dinheiro Vivo apresenta-lhe os melhores depósitos, segundo os dados disponibilizados no site da Deco.

 

Os melhores depósitos


1 - O PrivatBank apresenta o depósito mais rentável - "E-Pé de Meia" - com uma taxa anual nominal bruta (TANB) de 5,45%, retirando os impostos, a taxa líquida do depósito é de 4,09%. A subscrição é feita online e o prazo do produto é de um ano.


2 - A subscrição do "E-Depósito a Prazo a 1 ano" do PrivatBank é por um prazo de 12 meses. O montante mínimo de investimento é de 500 euros. A taxa anual nominal bruta (TANB) é de 5,45% e a taxa líquida do depósito (TANL) é de 4,09%.


3 - Já o "Depósito a Prazo a 1 ano" também do PrivatBank surge na terceira posição e rende uma taxa bruta de 5,25%, o que corresponde a uma taxa líquida de 3,94%. Para subscrever este produto terá que ter, no mínimo 500 euros para investir.


4 - O depósito "E-Depósito Plus a 1 ano” do PrivatBank é aquele que exige 500 euros de montante mínimo para subscrição e o investimento é feito a 1 ano. Com uma TANB de 4,95% e uma TANL de 3,71% e pode ser subscrito pela internet.


- O "Depósito Plus a 1 ano" apresenta uma taxa bruta de 4,75% e uma taxa livre de impostos de 3,56%. O montante mínimo para investir são 500 euros.


6 - A subscrição do "Invest Novos Depósitos a 1 ano" do Banco Invest é por um prazo de 12 meses. O montante mínimo de investimento é de 2000 euros. A taxa anual nominal bruta (TANB) é de 4,50% e a taxa líquida do depósito (TANL) é de 3,38%.


7 - O depósito "Invest Next a 1 ano” do Banco Invest exige como montante mínimo de subscrição 2000 euros, oferecendo uma TANB de 4,35%, que corresponde a uma TANL de 3,26%. Trata-se de um depósito exclusivo para novos clientes.


8 - O “Super Depósito Invest Crescente a 1 ano”, do Banco Invest apresentauma taxa anual nominal bruta (TANB) de 4,13%, retirando os impostos, a taxa líquida do depósito é de 3,10%. Trata-se de um valor médio da taxa, uma vez que os juros crescem trimestralmente. Para investir necessita no mínimo de 2000 euros.


9 - O "Poupança Extra a 1 ano”, do ActivoBank apresenta uma taxa bruta de 4,10% e uma taxa livre de impostos de 3,08%, podendo ser subscrito online. O montante mínimo para investir são 3000 euros, no entanto para valores superiores a 25 mil euros a taxa é superior.


10 - O "Depósito Renda Mensal a 1 ano", do Banco Big oferece uma taxa bruta de 4,05%, a que corresponde a uma taxa líquida de 3,04%. O montante mínimo para investir são 10 mil euros.

 

Fonte:http://www.dinheirovivo.pt/Mercados/Artigo/CIECO067340.html?page=0

publicado por adm às 19:13 | comentar | favorito
05
Out 12

OS MELHORES DEPOSITOS A PRAZO DE OUTUBRO DE 2012

Chegou o melhor momento do ano para fazer depósitos a prazo. Esta é altura em que os bancos disputam ainda mais a captação de liquidez com o objectivos de que, no final do ano, as suas contas pareçam o mais saudáveis possíveis.

ABRIU A ÉPOCA DE CAÇA AOS DEPÓSITOS A PRAZO!

 

No final do ano, os bancos estão dispostos a ir mais além para persuadir os seus Clientes actuais a não tirarem o seu dinheiro e estão dispostos a oferecer taxas ainda mais atractivas nos depósitos a prazo para captar dinheiro novo de Clientes actuais ou de novos Clientes.

Apesar das limitações que o Banco de Portugal colocou em termos de taxas máximas que poderão penalizar os rácios de capital, neste momento a maioria dos bancos já possui alguma folga, pelo que é natural que a partir do início de Outubro se assista a um aumento nas taxas oferecidas, especialmente para o prazo de 3 meses.

Infelizmente, irá entrar em vigor ainda em 2012, o Decreto Lei que irá agravar a tributação dos rendimentos passando os depósitos a prazo a ser tributados a 26,5% em vez de 25% (recorde-se que esta é a 3ª subida deste imposto no espaço de cerca de 2 anos quando era de 20%).

 

QUAL O PRAZO IDEAL?
Neste momento o prazo ideal será de 3 meses se pretender fazer o seu depósito a prazo ainda em Setembro ou então deverá ser de 12 meses, pois é natural que a partir do início do próximo ano as taxas oferecidas pelos bancos se reduzam muito significativamente. Outra alternativa é optar por fazer depósitos por vários anos, mas com pagamento períodico de juros e a possibilidade de mobilização antecipada do depósito sem penalização nas datas de pagamento dos juros. São exemplos destes depósitos a prazo: O depósito a 2 anos do Banco Invest (4,00% TANB), o DP a 2 anos CR do BES (3,63% TANB) e o DP Crescente a 2 anos do Banif (3,625%) .


OS MELHORES DEPÓSITOS A PRAZO DE OUTUBRO DE 2012

TANB - Taxa anual nominal Bruta

 

Montante:

 

Até 10.000 €:

 

3 Meses:

BEST DP já14(5,25%)

BIG Online1 (4,5%)

Banif DP Crescente 2 anos3 (3,00%)

 

6 Meses:

Privatbank "Pé de meia"(5,150%)

Banco BIC DP Nova Op.(4,00%)

Deutsche Bank DP Winner (3,50%)

 

12 Meses:

Privatbank "Pé de meia"(5,250%)

Banco Invest Novos  DP2 (4,50%)
Activo DP Poupança Start1(3,75%)

 

 Até 50.000 €:

 

3 Meses:

BEST DP já14 (5,00%)
BIG Online1 (4,50%) 
Banif DP Crescente 2 anos3 (3,00%)

 

6 Meses:

Privatbank "Pé de meia"(5,150%)

BIG Super DP1 (4,00%)

Banco BIC DP Nova Op.(4,00%)

 

12 Meses:

Privatbank "Pé de meia"(5,250%)

Banco Invest DP2(4,50%)

Activo DP Poupança Start1(3,75%)

 

Até 100.000 €_:

 

3 Meses:

Banco Finantia DP 3 meses2(4,00%)

Banco BIC DP Mais Poupança (3,50%)
Banif DP Crescente 2 anos3 (3,00%)

 

 

6 Meses:

Privatbank "Pé de meia"(5,150%)

Banco Finantia DP 6 Meses2(4,75%)
Banco BIC DP Nova Op.(4,00%)

 

12 Meses:

Privatbank "Pé de meia"(5,250%)

Banco Invest DP (3,90%)
Banif Rendimento Maxi(3,75%)

 

Mais de 100.000€:

3 Meses:

Banco Finantia DP 3 Meses2(4,00%)
Banco BIC Mais Poupança (3,50%)
Banif DP Crescente 2 anos3 (3,00%)

 

6 Meses:

Privatbank "Pé de meia"(5,150%)

Banco Finantia DP 6 Meses2(4,75%)
Deutsche Bank DP Winner (3,50%)

 

 

12 Meses:

Privatbank "Pé de meia"(5,250%)

Banco Invest DP (3,90%)
Banif Rendimento Maxi(3,80%)

 

Fonte: Sites dos bancos em 21/09/2012
1Exclusivo para novos clientes.
2Exclusivo para novos recursos.
3O prazo mínimo destes depósitos é superior ao prazo desejado, mas de acordo com as condições dos produtos é possível desmobilizá-os antes do prazo com penalização de 100% sobre os juros não pagos. Assim, poderá desmobilizar-se o capital após o pagamento de juros do período desejado.
4Não é permitida a mobilização antecipada.


fonte:http://www.moneygps.pt/particulares/depositos-a-prazo.html

publicado por adm às 23:29 | comentar | ver comentários (2) | favorito
05
Set 12

OS MELHORES DEPOSITOS A PRAZO DE SETEMBRO DE 2012

QUAIS OS MELHORES DEPÓSITOS A PRAZO?

Após um período em que os bancos não paravam de subir as suas ofertas nos depósitos a prazo, é um pouco decepcionante verificar que gradualmente as taxas tem vindo a diminuir e que a agressividade na captação de depósitos diminui bastante.

É natural que, após os aumentos de capital e o maior equilibrio entre a concessão de crédito e a captação de depósitos, não só por via da maior liquidez, mas também por via da travagem na concessão de crédito, os bancos já não sintam necessidade de oferecer taxas tão elevadas nos depósitos a prazo como sentiam quando os seus balanço estavam desequilibrados.

No entanto, ainda existem boas oportunidade que poderão ser aproveitadas e a luta pela captação de depósitos a prazo deverá continuará a sentir-se enquanto durar a crise financeira em Portugal.


Qual o prazo ideal?

Como referimos na newsletter anterior é expectável que as taxas oferecidas desçam até ao final de Setembro, sendo expectável que no último trimestre do ano os bancos voltem a aumentar as suas taxas nos depósitos a prazo, com vista a passar o ano. Assim, neste momento a melhor estratégia será optar por um depósito a 3 meses e depois fazer outro no final do ano, ou optar por fazer depósitos por vários anos, mas com pagamento períodico de juros e a possibilidade de mobilização antecipada do depósito sem penalização nas datas de pagamento dos juros. São exemplos destes depósitos a prazo: O depósito a 2 anos do Banco Invest (4,125% TANB), o DP a 2 anos CR do BES (3,81% TANB) e o DP Crescente a 2 anos do Banif (3,75%) .

 

TANB - Taxa anual nominal Bruta

 

Montante:

 

Até 10.000 €:

 

3 Meses:

BEST DP já14(5,25%)

BIG Online1 (4,5%)

Banco Invest (3,0%)

 

6 Meses:

Privatbank "Pé de meia"(5,350%)

Banco BIC DP Nova Op.(4,00%)

Banco Invest Super DP Crescente (3,50%)

12 Meses:

Privatbank "Pé de meia"(5,450%)

Banco Invest Novos  DP2 (5,00%)
Activo DP Poupança Start1(4,10%)

 

 Até 50.000 €:

 

3 Meses:

BEST DP já14 (5,25%)
BIG Online1 (4,50%) 
Banco Invest (3,00%)

 

6 Meses:

Privatbank "Pé de meia"(5,350%)

BIG Super DP1 (4,10%)

Banco BIC DP Nova Op.(4,00%)

 

12 Meses:

Privatbank "Pé de meia"(5,450%)

Banco Invest DP2(5,00%)

Activo DP Poupança Start1(4,25%)

 

Até 100.000 €_:

 

3 Meses:

Banco Finantia DP Juros Mensais24(4,75%)

Banco BIC Mais Poupança (3,50%)
Banco Invest(3,30%)

 

 

6 Meses:

Privatbank "Pé de meia"(5,350%)

Banco Finantia DP 6 Meses2(5,00%)
Banco BIC DP Nova Op. (4,00%)

 

12 Meses:

Privatbank "Pé de meia"(5,450%)

Banco Invest Super DP Crescente (4,125%)
Banif Rendimento Maxi(3,95%) 

 

Mais de 100.000€:

3 Meses:

Banco Finantia DP Juros Mensais24(4,75%)
Banco BIC Mais Poupança (3,50%)
Banco Invest (3,00%)

 

6 Meses:

Privatbank "Pé de meia"(5,350%)

Banco Finantia DP 6 Meses2(5,00%)
Banco Invest Super DP Crescente (3,50%)

 

 

12 Meses:

Privatbank "Pé de meia"(5,450%)

Banco Invest Super DP Crescente (4,75%)
BIG DP Top II (3,85%) 

 

 

Fonte: Sites dos bancos em 24/08/2012
1Exclusivo para novos clientes.
2Exclusivo para novos recursos.
3O prazo mínimo destes depósitos é superior ao prazo desejado, mas de acordo com as condições dos produtos é possível desmobilizá-os antes do prazo com penalização de 100% sobre os juros não pagos. Assim, poderá desmobilizar-se o capital após o pagamento de juros do período desejado.
4Não é permitida a mobilização antecipada.

 

Fonte:http://www.moneygps.pt/

publicado por adm às 11:39 | comentar | ver comentários (1) | favorito
05
Ago 12

OS MELHORES DEPOSITOS A PRAZO DE AGOSTO DE 2012

Qual o prazo ideal?

Neste momento e considerando que a Banca Portuguesa possa voltar a um estado mais normal, é expectável que as taxas praticadas continuem a descer até ao final de Setembro, sendo expectável que no último trimestre do ano se inicie a época de caça aos depósitos a prazo, com vista a passar o ano. Assim, neste momento a melhor estratégia será optar por um depósito a 3 meses e depois fazer outro no final do ano, ou optar por fazer depósitos por vários anos, mas com pagamento períodico de juros e a possibilidade de mobilização antecipada do depósito sem penalização nas datas de pagamento dos juros. São exemplos destes depósitos a prazo: O depósito a 2 anos do Banco Invest (4,60% TANB), o DP a 2 anos CR do BES (3,81% TANB) e o DP Crescente a 2 anos do Banif (3,75%) .


Os melhores depósitos a prazo de Agosto de 2012


TANB - Taxa anual nominal Bruta
Montante:
Até 10.000 €:
3 Meses:
BEST DP já14(5,25%)
BIG Online1 (5,00%)
Banco Invest (3,10%)


6 Meses:
Privatbank "Pé de meia"(5,150%)
BIG Online1 (4,50%)
Banco Invest Super DP Crescente (4,00%)

12 Meses:
Privatbank "Pé de meia"(5,250%)
Banco Invest DP2 (5,25%)
Activo DP Poupança Start1(4,10%)
 Até 50.000 €:
3 Meses:
BEST DP já14 (5,25%)
BIG Online1 (5,00%) 
Banco Invest (3,20%)
6 Meses:
Privatbank "Pé de meia"(5,150%)
BIG Online1 (4,50%)
Banco Invest Super DP Crescente (4,00%)


12 Meses:
Privatbank "Pé de meia"(5,250%)
Banco Invest DP2(5,25%)
Activo DP Poupança Start1(4,25%)
Até 100.000 €_:
3 Meses:
Banco Finantia DP Juros Mensais24(4,75%)
Banco BIC Mais Poupança (3,50%)
Banco Invest(3,30%)


6 Meses:
Privatbank "Pé de meia"(5,150%)
Banco Finantia DP 6 Meses2(5,00%)
Banco Invest Super DP Crescente (4,00%)
12 Meses:
Privatbank "Pé de meia"(5,250%)
Banco Invest Super DP Crescente (4,75%)
Banif Rendimento Maxi(4,00%) 
Mais de 100.000€:

3 Meses:
Banco Finantia DP Juros Mensais24(5,75%)
Banco BIC Mais Poupança (3,50%)
Banco Invest (3,30%)
6 Meses:
Privatbank "Pé de meia"(5,150%)
Banco Finantia DP 6 Meses2(5,00%)
Banco Invest Super DP Crescente (4,00%)


12 Meses:
Privatbank "Pé de meia"(5,250%)
Banco Invest Super DP Crescente (4,75%)
Banif Rendimento Maxi(4,00%) 

Fonte: Sites dos bancos em 2/08/2012
1Exclusivo para novos clientes.
2Exclusivo para novos recursos.
3O prazo mínimo destes depósitos é superior ao prazo desejado, mas de acordo com as condições dos produtos é possível desmobilizá-os antes do prazo com penalização de 100% sobre os juros não pagos. Assim, poderá desmobilizar-se o capital após o pagamento de juros do período desejado.
4Não é permitida a mobilização antecipada.

Fonte:http://www.moneygps.pt/
publicado por adm às 23:23 | comentar | favorito
06
Jul 12

Os melhores depósitos a prazo de Julho de 2012

Os melhores depósitos a prazo de  Julho de 2012
TANB - Taxa anual nominal Bruta
Montante:
Até 10.000 €:
3 Meses:
BEST DP já1 8 (5,25%)
Banif DP Rendimento Imediato1 8 (4,00%)
Banif DP Crescente 2 anos3 (3,20%)
6 Meses:
Banco Invest Super DP Crescente (4,00%)
BES DP Rendimento CR3(4,00%)
Banco BIC DP Nova Oportunidade    (4,00%)
12 Meses:
Banco Invest DP2 (5,25%)
Banco Invest DP Next 13 (5,00%)
Banco Popular DP Ordenado7 (5,00%)
 Até 50.000 €:
3 Meses:
BEST DP já18 (5,25%)
Banif DP Rendimento Imediato18 (4,00%)
Banif DP Crescente 2 anos3 (3,20%)
6 Meses:
Banco Invest Super DP Crescente (4,00%)
Banif DP1 Rendimento Maxi(4,00%)
BES DP Rendimento CR3   (4,00%)
12 Meses:
Banco Invest DP2 (5,25%)
Banco Invest DP Next 13 (5,00%)
Banco Popular DP Ordenado7 (5,00%)
Até 100.000 €_:
3 Meses:
Banco Finantia DP Juros Mensais2 9 (5,00%)
Banco Finantia DP 3 Meses (4,50%)
Banco BIC DP4 Mais Poupança (3,50%)
6 Meses:
Banco Finantia DP 6 Meses2 (5,25%)
Banco Finantia DP Juros Mensais2 9 (5,00%)
Banco Invest Super Deposito Crescente (4,00%)
12 Meses:
Barclays Net 5%2 10 (5,00%)
Banco Invest Super Deposito Crescente (4,75%)
Banco Invest DP 2 anos  (4,60%) 
Mais de 100.000€:

3 Meses:
Banco Finantia DP Juros Mensais2 9 (5,00%)
Banco Finantia DP 3 Meses (4,50%)
Banco BIC DP4 Mais Poupança  (3,50%)
6 Meses:
Banco Finantia DP 6 Meses (5,25%)
Banco Finantia DP Juros Mensais2 9  (5,00%) 
Banco Invest Super Deposito Crescente (4,00%)
12 Meses:
Banco Invest Super Deposito Crescente (4,75%)
Banco Invest DP 2 anos (4,60%)
Banco Invest DP3 (4,50%) 
Fonte: Sites dos bancos em 04/05/2012
1Exclusivo para novos clientes.
2Exclusivo para novos recursos.
3O prazo mínimo destes depósitos é superior ao prazo desejado, mas de acordo com as condições dos produtos é possível desmobilizá-os antes do prazo com penalização de 100% sobre os juros não pagos. Assim, poderá desmobilizar-se o capital após o pagamento de juros do período desejado.
4 Não é permitida a mobilização antecipada.
8Não é permitida a mobilização antecipada do depósito.
9Os juros serão pagos mensalmente, por crédito na conta de depósitos à ordem associada. Não é permitida a  mobilização antecipada do capital depositado, excepto na data de pagamento de juros referente ao 6º mês.
Fonte:http://www.moneygps.pt/
publicado por adm às 23:36 | comentar | favorito
09
Mai 12

OS MELHORES DEPOSITOS A PRAZO DE MAIO 2012

No último mês foram vários os bancos que reduziram ligeiramente as suas ofertas para os depósitos a prazo. Isto poderá ser um sinal de inversão da tendência e que a partir de agora os bancos poderão começar a oferecer menos pela captação de depósitos.

APROVEITE AS PROMOÇÕES...

 

Não há dúvida que também podemos dizer que as taxas oferecidas pelos bancos para a captação de depósitos são verdadeiramente promocionais e que apenas são possíveis porque Portugal vive uma situação anormal, com as fontes de liquidez dos bancos a resumirem-se aos financiamentos do BCE, à captação de depósitos de particulares e aos aumentos de capital. A situação de aumento sucessivo das taxas que eram oferecidas não só abrandou imenso nas últimas semanas, como se pode mesmo dizer que inverteu.

Essa inversão deve-se provavelmente à forte injecção de liquidez feita pelo BCE nos bancos nacionais e também ao facto de o Banco de Portugal ter voltado a agravar em Abril as penalizações nos rácios de capital para os bancos que remunerem excessivamente os depósitos a prazo face às taxas euribor para o mesmo prazo. 

Adicionalmente, devido aos fortes aumentos de capital que praticamente todos os bancos terão que fazer até 30 de Junho, para fazerem face à exigência de avaliarem as obrigações em carteira ao preço de mercado e ainda assim manterem um rácio de capital de 9%, as necessidades de captação de depósitos poderão reduzir-se o que deverá colocar uma pressão adicional para que as taxas praticadas continuem a descer no segundo semestre. 


Qual o prazo ideal?

Neste momento e tendo que a Banca Portuguesa possa voltar a um estado mais normal a partir do segundo semestre deste ano, é expectável que as taxas praticadas comecem a descer no segundo trimestre deste ano e mais expressivamente ao longo de 2013. Assim, neste momento a melhor estratégia será optar por um depósito a vários anos, mas com pagamento períodico de juros e a possibilidade de mobilização antecipada do depósito sem penalização nas datas de pagamento dos juros. São exemplos destes depósitos a prazo: o DP a 3 anos do Banco Finantia (5,75% TANB) , o DP Montepio Super Poupança (4,30%) e o DP CR do BES (4,00% TANB).


Os melhores depósitos a prazo de Maio de 2011
TANB - Taxa anual nominal Bruta
Montante:
Até 10.000 €:
3 Meses:
BEST DP já14 (5,25%)
Banif DP Rendimento Imediato14 (4,00%)
Banco Invest (3,20%)
6 Meses:
Banco Invest Super DP Crescente (4,00%)
BES DP Rendimento CR3(4,00%)
BPN DP Oportunidade2    (4,00%)
12 Meses:
Banco Invest DP2 (5,25%)
Barclays Net 5%
2 (5,00%)
Banif DP Rendimento Maxi4 (4,15%)
 Até 50.000 €:
3 Meses:
BEST DP já14 (5,25%)
Banif DP Rendimento Imediato14 (4,00%)
Millennium DP Special One (3,875%)
6 Meses:
Banco Invest Super DP Crescente (4,00%)
BES DP Rendimento CR3(4,00%)
BPN DP Oportunidad
e2   (4,00%)
12 Meses:
Banco Invest DP2(5,25%)
Barclays Net 5%
2 (5,00%)
Banif DP Rendimento Maxi4 (4,15%)
Até 100.000 €_:
3 Meses:
Banco Finantia DP Juros Mensais24 (5,75%)
MIllennium DP Special One (4,00%)
BPN DP Mais Poupança (3,50%)
6 Meses:
Banco Finantia DP 6 Meses2 (5,75%)
Banco Invest Suoer DP Crescente (4,00%)

BES DP Rendimento CR3(4,00%)
12 Meses:
Banco Finantia DP 3 anos23 (5,75%)
Banco Invest DP2(5,25%)
Barclays Net 5%
2 (5,00%) 
Mais de 100.000€:

3 Meses:
Banco Finantia DP Juros Mensais24(5,75%)
MIllennium DP Special One (4,00%)
BPN DP Mais Poupança (3,50%)
6 Meses:
Banco Finantia DP 6 Meses2 (5,75%)
Banco Invest Suoer DP Crescente (4,00%) 
BES DP Rendimento CR3(4,00%)
12 Meses:
Banco Finantia DP 3 anos23 (5,75%)
Banco Invest Super DP Crescente(4,75%)
Banif DP Rendimento Maxi4 (4,25%) 
Fonte: Sites dos bancos em 04/05/2012
1Exclusivo para novos clientes.
2Exclusivo para novos recursos.
3O prazo mínimo destes depósitos é superior ao prazo desejado, mas de acordo com as condições dos produtos é possível desmobilizá-os antes do prazo com penalização de 100% sobre os juros não pagos. Assim, poderá desmobilizar-se o capital após o pagamento de juros do período desejado.
4 Não é permitida a mobilização antecipada.
Fonte:http://www.moneygps.pt/
publicado por adm às 21:00 | comentar | favorito
21
Dez 11

Descubra os melhores depósitos a prazo

Em 2011 todos os caminhos das poupanças dos portugueses vão ter aos depósitos a prazo.

Só este ano os portugueses já transferiram 9,3 mil milhões de euros de outras aplicações para depósitos a prazo. Não se trata de um valor recorde, já que no mesmo período de 2008 as famílias portuguesas depositaram nos cofres dos bancos 11,1 mil milhões de euros. Mas existe um denominador comum: as taxas de juro. Em Outubro, a taxa média dos depósitos igualou o valor mais alto de sempre, 4,53%, atingido precisamente em Julho de 2008. As elevadas remunerações - em alta há 17 meses consecutivos - têm seduzido os aforradores portugueses, mas o Banco de Portugal já veio colocar um travão na subida dos juros. A 1 de Novembro, e depois dos juros recorde atingidos, a autoridade monetária impôs limites à remuneração destas aplicações, os quais já levaram a maioria dos bancos a rever as taxas oferecidas.

Apesar disso, a descida progressiva das taxas de juro ainda não se afigura como uma possibilidade credível. Os bancos deverão manter as remunerações no limite superior definido, que rondará os 4,5% a 5,5% consoante a maturidade da aplicação. Isto porque os condicionantes que levaram à oferta agressiva de juros permanecem intactos. Por um lado a falta de acesso da banca a financiamento no mercado interbancário aumentou a necessidade dos bancos em captar recursos de clientes. Por outro, a imposta desalavancagem do sector terá de ser feita via diminuição do crédito e aumento dos depósitos. Razões mais do que suficientes para que a banca continue a tentar captar depósitos, no caso, à custa dos restantes produtos de poupança, na sua maioria geridos pelos mesmos grupos bancários.

Foram já várias as vozes que alertaram para este potencial conflito de interesses, entre as quais Carlos Tavares, presidente da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários. Em causa está a possível falta de competitividade na oferta de produtos como fundos de investimento ou seguros de capitalização num momento em que a banca concentra esforços para captar depósitos.

A indústria de gestão de activos nacional está a perder músculo. Os fundos de investimento portugueses têm actualmente 10,6 mil milhões de euros sob gestão, o valor mais baixo desde que existem registos, ou seja, Dezembro de 1999. Para se ter uma ideia do que esse valor representa na indústria global, só o maior fundo do mundo, o Pimco Total Return, vale 180 mil milhões de euros, ou 17 vezes mais do que toda a indústria nacional. Desde meados de 2007, a indústria de gestão de activos portuguesa perdeu 20 mil milhões de euros, reflexo não só dos resgates mas também da desvalorização dos activos. Números que podem colocar em causa a própria viabilidade desta indústria em Portugal, já que a falta de dimensão aliada aos custos da gestão profissional poderá levar os bancos a preferirem o papel de meros intermediários na comercialização de fundos estrangeiros.

Só este ano os fundos de investimento portugueses já sofreram resgates líquidos no valor de 2,7 mil milhões de euros. Uma tendência que se estende aos produtos de capitalização oferecidos pela seguradoras, cujo volume de entrada de prémios é este ano 3,9 mil milhões de euros inferior ao registado no período homólogo. Além disso, de acordo com a consultora Actuarial, só no primeiro semestre do ano, os portugueses resgataram cinco mil milhões de euros de seguros de vida. Também o sector do Estado sofre o efeito da erosão nos seus produtos de poupança: os certificados de aforro sofrem resgates líquidos na ordem dos 3,5 mil milhões de euros, enquanto os novos certificados do Tesouro, criados em Julho de 2010, não conseguiram captar quaisquer poupanças em Outubro pela primeira vez. O montante de resgates foi igual ao montante de subscrições. Ainda assim, desde o início do ano, o saldo líquido é positivo em 593 milhões euros.

O aumento dos depósitos a prazo está a ser feiro às custas da transferência de capitais dos restantes produtos de poupança, mas a custos elevados para os bancos. E se a primeira fase, de captação de poupanças, levou as taxas de juro a igualar máximos históricos, os bancos parecem estar agora a centrar-se na oferta de depósitos a prazos mais longos, com taxas crescentes, e com dificuldades acrescidas de resgate antecipado.

Ou seja, a banca parece agora apostada em manter os capitais captados, até porque começa a esgotar-se o capital disponível para continuar a reforçar o montante de depósitos a prazo.

Regulador trava subida de juros
Perante a incessante subida de juros dos depósitos a prazo o Banco de Portugal decidiu intervir impondo sanções aos bancos que ultrapassem o limite estabelecido. A medida visa salvaguardar a sustentabilidade das instituições, por considerar que os elevados custos com a captação de recursos de clientes poderia colocar em causa a saúde financeira dos bancos. Alguns meses antes o Banco de Espanha já havia tomado medidas semelhantes, adiantando que "depósitos mais caros geram crédito mais caro". A directiva entrou em vigor em Portugal a 1 de Novembro, e estabelece o limite de 300 pontos base acima da taxa de referência para o depósito contratado, acima do qual os bancos passam a ser penalizados nos rácios de capital. Estas taxas de referência são taxas de mercado, que têm estado em queda nas últimas semanas, o que poderá ditar nova descidas nas taxas de juro dos depósitos.

Bancos corrigem juros
Após a imposição de limites às taxas de juro dos depósitos a prazo - a partir dos quais os bancos são penalizados nos rácios de capital - a larga maioria dos bancos optou por baixar os juros oferecidos. Se até Outubro existiam mais de 20 depósitos em Portugal a remunerar acima dos 5% - chegando mesmo aos 7% - actualmente a generalidade destas aplicações pratica taxas de juro na ordem dos 4,5%. Ainda assim, continua a ser possível encontrar juros de 6% no mercado.


Os melhores depósitos a prazo para diferentes prazos

1 - ActivoBank paga 6% em depósito a três meses
O ActivoBank continua a disponibilizar um depósito a prazo a três meses com uma taxa de juro anual bruta (TANB) de 6%, o que equivale a uma taxa líquida de 4,71%. O montante mínimo de constituição do "Poupança Start" são 3.000. Ainda para maturidades a três meses, destaque para o "Depósito 5,5% Já", dos banco Best, que tal como a designação indica oferece uma TANB de 5,5%, e pagamento antecipado dos juros. Para prazos a quatro meses, o banco BiG também oferece uma taxa de 6%, com o "Super Depósito 6%" mas apenas para novos clientes.

2 - Finantia é o único que oferece 6% a seis meses 
O banco Finantia é o único que continua a oferecer taxas brutas de 6% para prazos a seis meses. No entanto o montante mínimo de constituição deste depósito "Finantia Rendimento" é de 50.000 euros. Para uma taxa de 5,75%, o banco oferece a possibilidade de pagamento imediato de juros mas sem a possibilidade de mobilização antecipada. Para montantes mínimos de constituição mais baixos, de 500 euros, o "Super depósito" do banco BIG a seis meses paga uma taxa anual bruta de 5%, que corresponde a uma taxa líquida de 3,93%.

3 - Depósitos a 12 meses também chegam aos 6%
O Finantia e o Banco Invest lideram as remunerações nos depósitos a 12 meses, cuja remuneração bruta chega igualmente aos 6%. No entanto, enquanto o Finantia exige 50.000 euros para a constituição do depósito, o valor mínimo de aplicação no Banco Invest é de 2.000 euros. para valores inferiores, de 500 euros ou mesmo sem mínimo de abertura de conta, o PrivatBank oferece uma taxa de juro bruta de 5,45%. A 12 meses a maioria dos bancos oferece actualmente juros na ordem dos 4,5%.

4 - Juros crescentes dominam prazos mais longos
Num momento em que as taxas de juro nos depósitos a prazo batem recordes, muitos portugueses estão a optar por garantir uma taxa de juro atractiva por vários anos. As melhores taxas encontram-se nos prazos a quatro anos, onde os juros chegam aos 4,75% no Montepio. Trata-se de uma taxa média, já que os juros são crescentes. BCP, Banif e banco BIG oferecem taxas médias de 4,5%, igualmente em aplicações de taxas crescentes. Só o banco BiG tem também um depósito com taxa fixa no mesmo valor, de 4,5%.

fonte:http://economico.sapo.pt/n

publicado por adm às 11:07 | comentar | favorito
01
Dez 11

OS MELHORES DEPÓSITOS A PRAZO DE DEZEMBRO 2011

As penalizações impostas pelo Banco de Portugal no início deste mês já fizeram alguns bancos, como o Banif, o BiGonline e o Banco Popular reduzir as suas taxas. A excepção à regra é o Activo Bank que reforçou a sua oferta. Existem boas oportunidades, aproveita-as.

NESTE NATAL OFEREÇA-SE ALGO REALMENTE ÚTIL... DEPÓSITOS A PRAZO

 

Este Natal não é um Natal como os outros. É um Natal mais contido, mais discreto e menos consumista. Mas, ao mesmo tempo talvez seja uma forma de nos recentrarmos no motivo pelo qual celebramos esta data e menos na festa em si. Talvez seja melhor mesmo dar mais amor àqueles de quem gostamos e com a nossa presença os fazermos felizes do que desperdiçarmos dinheiro em prendas compradas à pressa de que  não precisam. No fundo é sermos mais pastores humildes e menos reis magos.

É verdade que alguns de nós - os sortudos - apenas iremos receber 50% do subsídio de Natal, mas é importante que este rendimento extra não seja mal gasto, pelo que deve ser feito um esforço para imediatamente após ele ser recebido, ele ser aplicado num depósito a prazo, pois longe da conta à ordem, longe da tentação. E ao contrário das outra prendas, um depósito a prazo nunca se estraga e nunca é demais.
 

QUAL O PRAZO IDEAL?

Provavelmente o melhor prazo deverá de 6 meses, pois é o prazo que permite obter as melhores taxas neste momento. Como os bancos irão reagir no próximo ano é ainda díficil de perspectivar, sendo expectável que os bancos maiores provavelmente a alinharem pelas taxas recomendadas pelo Banco de Portugal e os bancos mais sólidos ao nível de rácio Tier 1 a oferecerm um pouco mais. Tal como já se pode constatar o investimento em campanhas de publicidade irá ser uma das armas que os bancos irão utilizar, mais uma vez os bancos maiores saem beneficiados. Mas, não se deixe enganar - foque-se mais nas taxas e menos em cromos da bola.

 

Os melhores depósitos a prazo de Dezembro de 2011

 

TANB - Taxa anual nominal Bruta

 

 

Até 10.000 € :

 

3 Meses:

 

ActivoBank DP Poupança Start1 (6,00%)
Banif Super DP Banif@st (3,15%)
BIG DP 3 meses (3
,15%)

 

6 Meses:

 

BIG Super DP (5,00%)
ActivoBank DP Poupança Start1 (4,50%)
Banco Popular DP Ouro2 (4,50%)

 

 

12 Meses:

 

ActivoBank DP Poupança Start1 (4,50%)
Banco Popular DP Ouro (4,00%)
Banif Super Banif@st (3,75%)

 

 

 Até 50.000 €:

 

3 Meses:

 

ActivoBank DP Poupança Start1 (6,00%)
Banif Super DP Banif@st (3,90%)
BIG DP 3 meses TOP (3,50%)

 

6 Meses:

 

BIG Super DP1 (5,00%)
ActivoBank DP Poupança Start1 (4,50%)
Banif Super Banif@st (4,35%)

 

12 Meses:

 

Banif DP não mobilizável4 (4,60%)
ActivoBank DP Poupança Start1 (4,50%)
BIG DP 12 Meses Top (4,50%)

 

Até 100.000 €:

 

3 Meses:

 

Banco Finantia DP 3 Meses 2 (5,00%)
Banif Super DP Banif@st (3,90%)
BPN Mais Poupança (3,50%)

 

6 Meses:

 

Banco Finantia DP 6 Meses2 (6,00%)
Banif DP não mobilizável4 (4,60%)
BPN Mais Poupança (4,25%)

 

12 Meses:
Banco Finantia DP 1 ano2 (6,00%)
Banif DP não mobilizável4 (4,80%)
BIG DP 12 meses Top II (4,75%)

 

Mais de 100.000€:

 

3 Meses:

 

Banco Finantia DP 3 Meses 2 (5,00%)
Banif Super DP Banif@st (3,90%)
BPN Mais Poupança (3,50%)

 

6 Meses:
Banco Finantia DP 6 Meses2 (6,00%)
Banif DP não mobilizável4 (4,60%)
Banco Popular DP Ouro2 (4,50%)

 

12 Meses:
Banco Finantia DP 1 ano2 (6,00%)
Banif DP não mobilizável4 (5,00%)
BIG DP 12 meses Top II (4,75%)

 

 

 

Fonte: Sites dos bancos em 25/11/2011
1Exclusivo para novos clientes.
2Exclusivo para novos recursos.
3O prazo mínimo destes depósitos é superior ao prazo desejado, mas de acordo com as condições dos produtos é possível desmobilizá-os antes do prazo com penalização de 100% sobre os juros não pagos. Assim, poderá desmobilizar-se o capital após o pagamento de juros do período desejado.
4 Não é permitida a mobilização antecipada.
Fonte:http://www.moneygps.pt/
publicado por adm às 16:21 | comentar | favorito