Bancos nunca tiveram tantos depósitos de famílias

As famílias portuguesas nunca depositaram tanto dinheiro no banco como em junho. Neste mês o valor dos depósitos atingiu o valor mais alto de sempre.

Segundo o Boletim Estatístico do Banco de Portugal, os depósitos aumentaram 1.356 milhões de euros face ao mês anterior, para 132.264 milhões.

Um valor assinalável depois de, em maio, os depósitos terem caído 164 milhões para 130.908 milhões de euros. 

O Banco de Portugal publica estes dados, que incluem os depósitos provenientes de emigrantes, desde 1979, e nunca se tinha alcançado um valor tão elevado como o de junho.

Só nos últimos 12 meses, o dinheiro guardado no banco cresceu 7.750 milhões de euros. Ou seja, mais 6,2% do que em junho de 2011.

Já os depósitos das empresas nos bancos emagreceram 564 milhões de euros, para 29.877 milhões de euros. 

A instituição liderada por Carlos Costa divulgou também que omalparado baixou entre as famílias, mas bateu um novo recorde entre empresas e que os bancos estão a apertar na concessão de empréstimos em todas as frentes.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 22:44 | comentar | favorito